A BFC

A Biblioteca Freudiana de Curitiba comemora 37 anos de existência e de atividades.

A história de uma instituição psicanalítica não se conta, porém, pelo tempo transcorrido. Antes é uma história de atos.

Pioneira na capital e no Estado do Paraná na continuação das teses de Sigmund Freud e de Jacques Lacan, esta instituição psicanalítica se compraz do amadurecimento de sua trajetória.

Fundada em 1980 , reestruturada em 1988 e considerada instituição de utilidade pública por decreto governamental, apenas em 1995 é que definiu seus dispositivos de formação, articulando seu funcionamento nos moldes atuais.

A dominante da reestruturação e posterior definição, foi a de ceder lugar à transferência de trabalho com o texto psicanalítico

Atualmente é constituída por:

- Cartel Diretivo - que se ocupa dos rumos éticos da instituição e da preservação dos dispositivos de formação do psicanalista,

- Cartel de Gestão - que organiza, planifica e cuida das condições de execução dos projetos de ensino, de cartéis e de clínica.

A transmissão da psicanálise e a formação de psicanalistas fazem, do mister de suas atividades, as razões de um exercício ético constante. Transmitir um saber fora dos cânones acadêmicos e no interior da cultura da qual faz parte e participa, implica uma responsabilidade que a torna capaz de operar transformações tanto no nível singular como no coletivo. Afinal quem desconhece a porta que S. Freud abriu ao revelar, nos atos humanos, a presença inquieta e inquietante do inconsciente e seus efeitos?